terça-feira, 1 de junho de 2010

Sistema MN e Fazenda da Paz iniciam campanha contra o crack

Apesar de sua rápida propagação e pelos efeitos na vida dos jovens, adultos e suas famílias, a pioneira e maior campanha contra contra o crack será iniciada hoje no Piauí, em uma parceria do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte com a Fazenda da Paz em TV, rádio, jornal e portal, além de ações coletivas como uma caminhada do encontro da Avenida Frei Serafim com a Rua Coelho de Resende, no centro da capital, até a Câmara Municipal, a partir das 7h do dia 25 de junho, quando toda Teresina vai parar por um minuto no dia 25 deste mês, no chamado “Movimento 1 Minuto pela Vida”.

Começa hoje a veiculação de anúncios na TV Meio Norte, na rádio FM Meio Norte, no Jornal Meio Norte e no Portal Meio Norte com o slogan “Crack O Começo do Fim”, e vai até o dia 26 dejunho.

A redatora publicitária Luciana Dantas, da House, a agência de propaganda e publicidade do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, e o diretor e fundador da Fazenda da Paz, Célio Luiz Barbosa, planejaram toda a campanha, o foco e os objetivos que foram traduzidos em anúncios, camisetas, busdoors e cartazes enfocando o combate ao crack.

“A campanha era contra os entorpecentes, mas como o crack está se agravando na cidade, principalmente entre os jovens e nas escolas resolvemos focar nisso. É uma campanha completa do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte e da Fazenda da Paz”, falou Luciana Dantas.

O ápice da campanha, segundo Célio Luiz Barbosa, é a caminhada iniciada, às 7h no dia 25 de junho, da Avenida Frei Serafim, que vai até a Câmara dos Vereadores, onde será realizada uma audiência pública, convocada pelo vereado major Paulo Roberto (PRTB), para discutir o avanço do crack em Teresina e no resto do Estado.

“Durante o Um Minuto pela Vida Teresina vai parar por um minuto para servir de alerta e conscientização em relação ao avanço e ao drama causado pela dependência do crack”, declarou Célio Luiz Barbosa.

O consultor de Jornalismo do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, José Osmando Araújo, disse que a campanha é de grande dimensão e abrangência como uma forma de conscientizar a sociedade para os problemas na família, nas escolas, no trabalho, nos relacionamentos pessoais causados pela propagação, consumo e dependência do crack.

Ele disse que o Dia Mundial de Combate Contra as Drogas é no dia 26 de junho, mas por ser um sábado, a Caminhada até a Câmara Municipal e a paralisação da cidade será no dia 25 de junho.
“Toda a campanha será um alerta contra as drogas e abertura nas famílias e na sociedade para a reabilitação do dependente da droga, que só é possível com o apoio da famílias e das pessoas que o cercam”, declarou José Osmando.

Luciana Dantas afirmou que a campanha será feita com anúncios de jornal, camisetas, busdoors, adesivos de carros, anúncios de TV, de rádio, floater (banner flutuante) para portal na internet. “Tudo com o mote Crack o começo do fim”, falou Dantas.

A campanha foi antecipada por um tizer (anúncios que preparam uma campanha publicitária ou um evento) de 15 segundos, que já estavam sendo veiculados na TV Meio Norte.

A TV Meio Norte e a rádio FM Meio Norte veicularão depoimentos de familiares e de dependentes químicos, que vivem o drama do vício do crack.
Fonte:MeioNorte